7 Comments

  1. Debora
    @

    Parabéns! Infelizmente nosso bairro é cuidado por uma subprefeitura que não está nem aí . Onde as pessoas que participam das reuniões são do Alto de Pinheiros, e poucos do nosso bairro participam, praticamente ficamos na mão dos interessados no nosso bairro As CONSTRUTORAS.

    Reply

  2. Ricardo
    @

    Boa tarde Luciano,

    Sabe me dizer como está o zoneamento da Rua Kansas, na primeira quadra perto da Santo Amaro?

    Reply

    • Rodrigo
      @

      Olá Luciano. Parabéns pelo seu blog. Minha pergunta é a mesma do Ricardo. Como está o zoneamento deste movimentado trecho de Rua Kansas? Este trecho drena fluxo importante vindo dos dois sentidos de Av. BANDEIRANTES e continua, pelo projeto de lei em discussão na Câmara dos Vereadores como Zona Estritamente Residencial. As discussões publicas terminaram em 02/12/2015. Gostaria muito de ter esta informação. Muito obrigado.

      Reply

      • Luciano VN
        @

        O Estritamente residencial foi providencialmente arranjado pelos “amigos”do Brooklin, conhecidos do SABRON. Quando houve a primeira alteração ( a zona era mista comercial nas ruas daquele pedaço. Tudo, pelo que apurei, pelo interesse dos associados em manter o lado desenvolvido do bairro { Av Padre Antonio e adjacências – onde os “associados”são moradores} em prol de manter a “zona arborizada ” em detrimento a mais desenvolvida ( ao meu ver foi feito em interesse de vender seus terrenos primeiro do que os outros – Veja a Rua Pensilvania – que nao suporta mais carros, mas tem espigões sendo construidos). Tal mudança foi determinante para o fechamento de diversos negócios locais (inclusive o meu) por não podermos ter comércio ( veja bem como é a Rua Texas cheia de pequenos empreendedores e escritórios) mas ali, diante da lei, não há empresas – uma verdadeira palhaçada. Eu desisti de tentar trabalhar em prol da comunidade ( como podem notar no abandono total ao assunto Brooklin ultimamente aqui no blog – Justamente por notar que alguns tem mais direitos do que os outros) se procurar aqui no blog, vai ver que uma vereadora da zona norte, de um partido trabalhista, alterou prontamente a pedido da Harley Davdson ( hoje fica o PetCEnter MArginal, que se chama PETZ), o zoneamento via projeto de lei, de uma área da av dos bandeirantes após a STO amaro. Chegando a esta descoberta, vi que as alterações do zoneamento sãopossiveis de serfeitas via projetos de lei, mas somente para quem tem cupinchas ou mesmo dinheiro. Sinto informar que ali será feito o que o dinheiro mandar, mesmo que seja um afronte a sociedade paulistana deixar áreas de excelente infra estrutura de comercio, moradia, trabalho e transporte seja congelada para que os grandes empreendedores ganhem mais especulando e comprando as casas aos poucos de quem NÃO AGUENTA MAIS TANTO TRANSITO E ABANDONO A REGIÃO. Eu pelo menos, me vi obrigado a me mudar para a Vl cordeiro e meus familiares que ainda moram na região não aguentam mais a quantidade de assaltos, acidentes de carro e obras irregulares que são feita. Infelizmente, neste país, justiça e ordem, só pra rico. Aos trabalhadores que se mataram para construir suas casas em terrenos pagos a perder de vista, hoje são abandonados pois são descartáveis. uma pena. E acho mesmo que teremos mais um congelamento em detrimento a venda deste monte de imóveis que estão encalhados no bairro ainda na planta.
        Desculpem pela demora, mas deu erro e a resposta não foi publicada anteriormente. abraços.

        Reply

      • Luciano VN
        @

        O Estritamente residencial foi providencialmente arranjado pelos “amigos”do Brooklin, conhecidos do SABRON. Quando houve a primeira alteração ( a zona era mista comercial nas ruas daquele pedaço. Tudo, pelo que apurei, pelo interesse dos associados em manter o lado desenvolvido do bairro { Av Padre Antonio e adjacências – onde os “associados”são moradores} em prol de manter a “zona arborizada ” em detrimento a mais desenvolvida ( ao meu ver foi feito em interesse de vender seus terrenos primeiro do que os outros – Veja a Rua Pensilvania – que nao suporta mais carros, mas tem espigões sendo construidos). Tal mudança foi determinante para o fechamento de diversos negócios locais (inclusive o meu) por não podermos ter comércio ( veja bem como é a Rua Texas cheia de pequenos empreendedores e escritórios) mas ali, diante da lei, não há empresas – uma verdadeira palhaçada. Eu desisti de tentar trabalhar em prol da comunidade ( como podem notar no abandono total ao assunto Brooklin ultimamente aqui no blog – Justamente por notar que alguns tem mais direitos do que os outros) se procurar aqui no blog, vai ver que uma vereadora da zona norte, de um partido trabalhista, alterou prontamente a pedido da Harley Davdson ( hoje fica o PetCEnter MArginal, que se chama PETZ), o zoneamento via projeto de lei, de uma área da av dos bandeirantes após a STO amaro. Chegando a esta descoberta, vi que as alterações do zoneamento sãopossiveis de serfeitas via projetos de lei, mas somente para quem tem cupinchas ou mesmo dinheiro. Sinto informar que ali será feito o que o dinheiro mandar, mesmo que seja um afronte a sociedade paulistana deixar áreas de excelente infra estrutura de comercio, moradia, trabalho e transporte seja congelada para que os grandes empreendedores ganhem mais especulando e comprando as casas aos poucos de quem NÃO AGUENTA MAIS TANTO TRANSITO E ABANDONO A REGIÃO. Eu pelo menos, me vi obrigado a me mudar para a Vl cordeiro e meus familiares que ainda moram na região não aguentam mais a quantidade de assaltos, acidentes de carro e obras irregulares que são feita. Infelizmente, neste país, justiça e ordem, só pra rico. Aos trabalhadores que se mataram para construir suas casas em terrenos pagos a perder de vista, hoje são abandonados pois são descartáveis. uma pena. E acho mesmo que teremos mais um congelamento em detrimento a venda deste monte de imóveis que estão encalhados no bairro ainda na planta.
        Desculpem pela demora, mas deu erro e a resposta não foi publicada anteriormente. abraços.

        Reply

    • Luciano VN
      @

      O Estritamente residencial foi providencialmente arranjado pelos “amigos”do Brooklin, conhecidos do SABRON. Quando houve a primeira alteração ( a zona era mista comercial nas ruas daquele pedaço. Tudo, pelo que apurei, pelo interesse dos associados em manter o lado desenvolvido do bairro { Av Padre Antonio e adjacências – onde os “associados”são moradores} em prol de manter a “zona arborizada ” em detrimento a mais desenvolvida ( ao meu ver foi feito em interesse de vender seus terrenos primeiro do que os outros – Veja a Rua Pensilvania – que nao suporta mais carros, mas tem espigões sendo construidos). Tal mudança foi determinante para o fechamento de diversos negócios locais (inclusive o meu) por não podermos ter comércio ( veja bem como é a Rua Texas cheia de pequenos empreendedores e escritórios) mas ali, diante da lei, não há empresas – uma verdadeira palhaçada. Eu desisti de tentar trabalhar em prol da comunidade ( como podem notar no abandono total ao assunto Brooklin ultimamente aqui no blog – Justamente por notar que alguns tem mais direitos do que os outros) se procurar aqui no blog, vai ver que uma vereadora da zona norte, de um partido trabalhista, alterou prontamente a pedido da Harley Davdson ( hoje fica o PetCEnter MArginal, que se chama PETZ), o zoneamento via projeto de lei, de uma área da av dos bandeirantes após a STO amaro. Chegando a esta descoberta, vi que as alterações do zoneamento sãopossiveis de serfeitas via projetos de lei, mas somente para quem tem cupinchas ou mesmo dinheiro. Sinto informar que ali será feito o que o dinheiro mandar, mesmo que seja um afronte a sociedade paulistana deixar áreas de excelente infra estrutura de comercio, moradia, trabalho e transporte seja congelada para que os grandes empreendedores ganhem mais especulando e comprando as casas aos poucos de quem NÃO AGUENTA MAIS TANTO TRANSITO E ABANDONO A REGIÃO. Eu pelo menos, me vi obrigado a me mudar para a Vl cordeiro e meus familiares que ainda moram na região não aguentam mais a quantidade de assaltos, acidentes de carro e obras irregulares que são feita. Infelizmente, neste país, justiça e ordem, só pra rico. Aos trabalhadores que se mataram para construir suas casas em terrenos pagos a perder de vista, hoje são abandonados pois são descartáveis. uma pena. E acho mesmo que teremos mais um congelamento em detrimento a venda deste monte de imóveis que estão encalhados no bairro ainda na planta.
      Desculpem pela demora, mas deu erro e a resposta não foi publicada anteriormente. abraços.

      Reply

  3. Eddie José
    @

    triste … muito triste … e nossas leis não valem de nada … política nacional de desenvolvimento urbano então nem se fala. Nasci, cresci aqui … e fui obrigado morar em outro lugar em busca de tranquilidade. Ainda tenho imóvel no bairro e parentes … mas é triste ver como o dinheiro e poder impera diante das possibilidades inteligentes que poderiam ser adotadas. Ninguém quer ouvir pessoas como nós. Esse é não só o Brasil, mas parece que o mundo todo. É como penso, infelizmente. Um exemplo: quando contaminarmos toda a água disponível e tivermos que pagar por uma cota mínima de consumo, nossos filhos ou netos não acreditarão nas nossa histórias de época de fartura e muito menos da tamanha incompetência por parte dos que estavam na administração. Toca a vida. Não quero morrer de fome ou viver de sonhos … utopias.

    Reply

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: